Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Especial Coronavírus Boletim nacional

Brasil tem 6.836 pessoas diagnosticadas com Covid-19 e 241 óbitos

Ministro Mandetta diz que "não é hora de relaxar, mas de redobrar os cuidados"

Por Mayara Morales
Última atualização: 02.04.2020 às 17:04

Nesta quarta-feira (1º), o Ministério da Saúde informou que o País atingiu a marca 6.836 pessoas diagnosticadas com Covid-19 e 241 óbitos causados pela doença. Com esses dados, a taxa de letalidade se mantém em 3,5%. A Região Sul concentra 11% de todos os casos registrados, isso equivale a 765 diagnósticos positivos. 

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (SES) até as 17h10, o Rio Grande do Sul tem 306 casos confirmados e 4 óbitos, números estes distribuídos em 51 municípios do Estado. 

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Segundo o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, os números de casos confirmados começarão a aumentar todos os dias, principalmente pelo acréscimo nas testagens. Ele frisou ainda a importância de redobrar os cuidados. "90% dos óbitos são em pessoas acima dos 60 anos, com problemas de coração, diabetes e pulmão. Isso reforça que as pessoas de mais idade precisam ser protegidas. Não é hora de relaxar, mas sim de reborar os cuidados. O vírus está mostrando ao que veio. Temos a obrigação de proteger essas pessoas", afirmou Mandetta.

Mandetta demonstrou também preocupação em relação à reposição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), pois o Ministério da Saúde teve compras canceladas. "Muitas das nossas compras para o abastecimento caíram. Aconteceu a mesma coisa com os respiradores. Recomendo, no máximo possível, a desaceleração da dinâmica social", reforçou.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.