Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.
VOLTAR
FECHAR

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6423 (parada 63) - Monte Belo - Gravataí - CEP: 94050-000
Fones: (51) 3489-4000

Central do Assinante: (51) 3600.3636
Central de Vendas: (51) 3591.2020
Whatsapp: (51) 99101.0318
Palpites de Mãe
Saúde

Aleitamento só faz bem

Semana Mundial da Amamentação quer estimular o ato
06/08/2018 14:49


Danibat Fotografia/Divulgação
No início, processo é de aprendizado para a mãe e o bebê
A Semana Mundial da Amamentação (1º a 7 de agosto), reforça a importância do leite materno para o desenvolvimento das crianças até 2 anos e exclusivo até os 6 meses de vida - orientação preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). São infinitos os benefícios do aleitamento, inclusive de diminuição de mortalidade infantil.

Segundo a nutricionista do Banco de Leite Humano da Santa Casa, Claudia Abreu Nunes, o leite materno tem todos os nutrientes que o bebê precisa e por isso, deve ser exclusivo até o sexto mês de vida. “Os teores de sódio e potássio, as calorias e a quantidade de proteína, por exemplo, são todos balanceados em todos os leites. Não existe leite fraco.”

Ela comenta também que a imunidade é muito beneficiada com a oferta do leite materno. “Por mais que os leites de fórmula tenham nutrientes, eles não trazem os anticorpos, tão necessários para o bebê, como o leite da mãe”, diz.

Não é fácil

Sobre este tema, me senti na obrigação de escrever um pouquinho do que passei. André demorou para aprender a pegar o peito e a sugar. Muitas mães e bebês passam por isso e insistir é fundamental. Pode doer um pouco também nas primeiras vezes e aqui eu confesso: via “estrelinhas” nas primeiras sugadas. Mas podem ter certeza, tudo isso vale a pena.

Hoje, ele tem 11 meses e ainda mama no peito. Sei que isso o ajuda a ser mais forte e a aumentar o nosso vínculo. Aquele é um momento único, entre mãe e bebê, de amor, de cumplicidade, de olho no olho.

Assim, amamentem seus pequenos e se estiverem com dificuldades, peçam ajuda. Não desistam porque esse momento é realmente mágico.

Banco de leite

Para aquelas mães que estão com dificuldade e precisam de orientação para amamentar melhor o seu filho, ou ainda para quem tem leite sobrando e quer doar, o Banco de Leite Humano da Santa Casa é um local de acolhimento e ajuda. Ele atende, principalmente, a demanda dos recém-nascidos prematuros internados na UTI Neonatal da Maternidade Mário Totta da instituição, em situações em que as mães não podem amamentar os seus bebês.

De acordo com a nutricionista Cláudia, ele é “um local de apoio, incentivo e estímulo ao aleitamento materno”. “Aqui, conseguimos ajudar muito as mães, principalmente a estimular o bebê a fazer a pega certa, para evitar fissuras e problemas na amamentação.”
Além de auxiliar as mães no aleitamento, o banco realiza a coleta, armazenamento e processamento do leite coletado. “O leite doado passa por um processo de pasteurização e análise clínica. Tudo para garantir a segurança do recém-nascido que irá receber”, explica Cláudia.

Qualquer mulher que esteja amamentando, tenha leite em excesso e queira doar, pode coletar em casa ou no próprio banco e fazer a doação. O Banco de Leite Humano da Santa Casa está localizado no primeiro andar do Hospital Santa Clara, junto à Maternidade Mário Totta (Rua Prof. Annes Dias, 135). Funciona diariamente das 7h às 12h e das 13h às 18h30, inclusive nos sábados, domingos e feriados. Mais informações no telefone 3214-8284.


Diário de Cachoeirinha

Palpites de Mãe

por Paloma Vargas
paloma.vargas@gruposinos.com.br

Paloma Vargas é repórter dos jornais Correio de Gravataí e Diário de Cachoeirinha. Nesta nova fase de sua vida, em que espera a chegada do André, ela dividirá a experiência de ser mãe de primeira viagem neste blog, e também, quinzenalmente, nas páginas impressas do CG e do DCA.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE